VOZ DE PERFORMANCE: É a voz utilizada, profissionalmente ou não, em apresentações (Fala ou Canto)

Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
Reinaldo Kazuo Yazaki é médico otorrinolaringologista, CIRURGIÃO OTORRINO E CIRURGIÃO DE VOZ, CRM 107745, também pesquisador em Voz & Laringologia, tb dedicado à VOZ CANTADA, graduado na Escola Paulista de Medicina. Obteve Título de Médico-Residente Concursado, do Depto. de Otorrinolaringologia da Universidade Federal de São Paulo. Em exame teórico-Prático, obteve o Título de Especialista em OTORRINOLARINGOLOGIA em 2006, pela Associação Médica Brasileira e Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial. Tornou-se médico-colaborador totalmente voluntário e orientador-voluntário dos médicos-residentes da Universidade Federal de São Paulo, na área de Laringologia e Voz, Cirurgias de Voz e Câncer de Laringe, desde 2006 até 2011. Tem interesse especial por Voz Profissional e Cantada e Cirurgia Oto-Rino-Laringológica. Tem afinidade pela atuação em Cirurgia. Hoje, tem como principais atividades profissionais as cirurgias para a VOZ, das amígdalas, desvios de septo, especialmente em cantores, com experiência em TODAS as cirurgias otorrinolaringológicas, incluindo as de CANTORES profissionais. __reinaldoyazaki@yahoo.com___Consultório:11-9.83737503.

BARíTONO!!!

BARíTONO!!!
Saudades do CORAL UNIFESP !!!!

Aula dada no CONGRESSO BRASILEIRO DE OTORRINOLARINGOLOGIA, SEÇÃO DE LARINGOLOGIA E VOZ PROFISSIONAL

Aula dada no CONGRESSO BRASILEIRO DE OTORRINOLARINGOLOGIA, SEÇÃO DE LARINGOLOGIA E VOZ PROFISSIONAL
COMO AVALIAR O CANTOR LÍRICO E POPULAR EM 4 PASSOS: RUMO A UMA AVALIAÇÃO MAIS RACIONAL E DIRECIONADA PARA A QUEIXA DA VOZ CANTADA.

Coral Unifesp

Coral Unifesp
Espetáculo: " A era do rádio: 70 anos da Rádio Nacional": Casa lotada em vários dias de apresentação: + de 300 pessoas por dia!!!!!

quinta-feira, 10 de março de 2011

O que acontece com uma rouquidão grave que não é tratada?

Em geral, a rouquidão grave, causada por abuso vocal, uso excessivo ou uso inadequado, será submetida a uma tentativa de adaptação da voz a esse obstáculo, causando-lhe esforço progressivo em intensidade e pressão entre as pregas vocais, o que por sua vez aumentará o uso inadequado e, obviamente, levará à piora das lesões iniciais. Nesse estágio cronificado, por vezes, nem a cirurgia da voz poderá restabelecer a voz que existia antes. A dica é:
"Busque ajuda médica o mais precoce possível, essa é a chave da longevidade de boa qualidade vocal"

Um comentário:

hanynick_narukame1 disse...

Sou uma aluna do curso normal do colegio Pandia Calogeras ,ou seja,
uma futura professora , e estive rouca recentemente durante um de meus estagios no ensino fundamental e agradeço pelas dicas... serão mto uteis